Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 16h:20

Tamanho do texto A - A+

"Neste momento o que mais importa é salvar vidas", diz Mendes

Por: WELLYNGTON SOUZA

Apesar de declarar no início da semana sobre uma possível queda na receita estadual com a paralisação do comércio em diversos setores, devido à pandemia de coronavírus, o governador Mauro Mendes (DEM) afirmou nesta terça-feira (24) que o Estado irá superar essa fase e o mais importante agora é salvar vidas. 

Jader Paes/ Agência Pará

Mauro Mendes

 

Em um áudio enviado aos 141 prefeitos, uma vez que estão proibidas as reuniões presenciais para que o vírus não se alastre, Mendes declarou que o momento é de união.

“Quero dizer a todos que neste momento é hora de nós nos unirmos. Neste momento o que mais importa é salvar vidas. Vencer esta dificuldade e este momento tão diferente para Mato Grosso, para o Brasil e para o mundo. Tenho fé em Deus e acredito na força do povo mato-grossense”, comentou.

Em um tom confiante, o governador afirmou que será possível vencer os efeitos da crise causados no Estado e que Mato Grosso sairá fortalecido. 

“Seremos capazes de vencer também as dificuldades econômicas que vão ser geradas por este momento difícil. Estamos trabalhando muito para isso e tenho muita fé, Mato Grosso vai sair fortalecido dessa batalha”. 

Efeito na economia

Na última semana, Mendes declarou que as medidas de prevenção ao risco de pandemia do Covid-19 poderá afetar a situação econômica estadual. Entre as principais medidas de segurança é a suspensão de eventos afim aglomeração de pessoas, como a suspensão no funcionamento de comércios respeitando às recomendações do Ministério da Saúde (MS) de permanecer em quarentena.

“O mundo vive um processo de desaceleração econômica. Não tem como esconder isso. Isso vai trazer graves consequências na economia mundial, brasileira e na economia de Mato Grosso. Nós vamos tomar na sequência algumas medidas para acelerar e tentar diminuir os efeitos disso”, comentou.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei