Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 16h:00

Tamanho do texto A - A+

Kalil perde bens e tem patrimônio inferior ao do concorrente Flávio Frical

Por: RAYNNA NICOLAS

Ao todo, dois candidatos à prefeitura de Várzea Grande já declararam bens à Justiça Eleitoral. De um lado, Kalil Baracat (MDB) declarou um patrimônio de pouco mais de R$ 1 milhão em 2020. Já o oponente, o empresário Flávio Frical do PSB, declarou R$ 1,5 milhões. 

Reprodução

kalil baracat

Kalil Baracat (MDB)

Frical é estreante na disputa, enquanto que Kalil é um veterano, tendo disputado sua primeira eleição em 2012, quando concorreu e foi eleito para o cargo de vereador por Várzea Grande.  

Em 2020, Baracat declarou que seu patrimônio conta com automóveis, saldo em conta, uma propriedade rural com área de 1.209 hectares em Nova Brasilândia (140 km de Cuiabá) e um trator, totalizando R$ 1.017.839,57.

A propriedade rural, avaliada em quase R$ 880 mil, corresponde à maior parte do patrimônio declarado pelo empresário. 

No entanto, entre 2018, quando foi candidato a deputado estadual, o patrimônio de Kalil Baracat era superior ao declarado neste ano. Entre 2018 e 2020, empresário teria perdeu cerca de R$ 30 mil em bens. 

Descompatibilizado do governo para concorrer à Prefeitura, o emedebista conta com o apoio de Lucimar na nova empreitada, ao lado do vice, José Hazama, do Democratas. Além do apoio do DEM, Kalil conta com um arco de aliança composto pelo PL, PSDB, PCdoB e PP. 

O concorrente, Flávio Frical, por sua vez, declarou R$ 1.500.001,00 - sendo que quase todo o patrimônio, R$ 1,5 milhões, é referente a um empréstimo feito à sua empresa, a Frical Frigorífico. 

Frical concorre pela coligação "Várzea Grande pode mais" que conta com os partidos PSC, Rede, PV, PSB, PSL, PROS, Patriota, PRTB, PDT, Avante, Podemos, DC e Solidariedade. 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei