Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 18h:08

Tamanho do texto A - A+

Vídeo mostra homem comendo carne de cobra e morcego em MT; MP e Polícia Civil apuram

Por: LUIS VINICIUS

O promotor Adalberto Ferreira de Souza instaurou uma notícia de fato para investigar um homem que aparece em um vídeo comendo morcegos e carne de cobra. O vídeo teria sido gravado no último domingo (22), na cidade de Dom Aquino (180 km de Cuiabá). A Polícia Civil também apura o caso. 

homem comendo cobra e morcego.jpg

 

Na gravação, aparece o homem, ainda não identificado, cortando a cobra em tiras. Próximo do animal rastejante, o investigado deixa cinco morcegos que aparentemente estão mortos.

“Todo mundo acha que carne de vaca e de porco é tudo. Nós temos carne de vaca e de porco, só que eu prefiro essa aqui (a carne de cobra). Eu não vou me privar por causa de coronavírus (Covid-19). Eu prefiro carne de cobra do jeito que ela veio da selva. Tem mais cinco morcegos aqui que eu vou fritar também. Eu faço isso porque eu gosto, não é pra fazer bonito é porque eu gosto. E ninguém vai me proibir de fazer isso. Só a morte que vai tirar isso de mim”, diz o homem mostrando as “especiarias”.

Em seguida, o homem “tempera” a carne de cobra e come diversos pedaços da parte do animal.

“Eu gosto dessas coisas (carne de cobra) porque eu sou selvagem, sou da natureza. Ainda não foi no fogo ainda, está crua, mas está muito boa. Agora, vamos experimentar o morcego”, na sequência, o homem come dois voadores.

Após vários compartilhamentos do vídeo, a secretaria municipal de Saúde denunciou o homem ao Ministério Público. Ao ser questionada, a assessoria de imprensa do órgão informou que o promotor já instaurou notícia de fato e determinei ao delegado a instauração de procedimento investigatório contra o suspeito por crime ambiental.

Vale lembrar que notícia fato é qualquer demanda dirigida aos órgãos do MP, submetida à apreciação das Procuradorias e Promotorias de Justiça, conforme as atribuições das respectivas áreas de atuação, podendo ser formulada presencialmente ou não, entendendo-se como tal, a realização de atendimentos, bem como a entrada de notícias, documentos, requerimentos ou representações.

Dados sobre o coronavírus 

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), os casos confirmados da doença subiram para sete em Mato Grosso. O balanço aponta também que as ocorrências suspeitas monitoradas pela pasta saltaram de 210 para 269, representando, assim, um aumento de quase 30%.

 

Veja o vídeo