Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 18h:52

Tamanho do texto A - A+

Licença fake na OAB?

Prestes a completar o prazo da licença de 30 dias de Leonardo Campos da presidência da Seccional da OAB de Mato Grosso, a presidente em exercício, Gisela Cardoso, praticamente não deu o ar da graça - mantendo uma atuação absolutamente tímida e discreta no exercício do cargo. Sobretudo quando se leva em conta que Gisela é a segunda mulher a ocupar o cargo – a primeira foi a hoje desembargadora Maria Helena Póvoas, nos anos de 1993 a 1997. Uma rápida pesquisa no site da OAB mostra, por exemplo, que das 41 matérias publicadas no site da instituição, Gisela apareceu em menos de meia dúzia. Nem a notícia de sua posse foi postada no site!

Reprodução

OAB FAKE

Cópia de um dos vários documentos encaminhados anonimamente para o site

Enquanto isso, a coluna recebeu documentos, de forma anônima, indicando que o presidente licenciado continuou tomando as principais decisões da instituição após a sua licença, sendo consultado recorrentemente para decidir desde assuntos corriqueiros até temas mais proeminentes.

No caso da indicação de dois advogados para compor o Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Mato-grossense de Tênis de Mesa, por exemplo, os documentos mostram que Leonardo pede não apenas informações detalhadas sobre os nomes, reclama da própria federação já tê-los indicado, pede fotos dos advogados e ainda uma reunião presencial antes de decidir. A presidente em exercício se limita a dizer que conhece um deles. Até que finalmente Leonardo dá seu “ok”.

Já em outro caso, onde são discutidas minutas de um Acordo de Cooperação Técnica e Plano de Trabalho ACT INSS, Leonardo chega a brincar com a situação com uma funcionária da presidência da OAB. “Ei, estou de licença e não destituído, portanto, Gisela é a presidente em exercício”, diz ele, muito provavelmente depois de pedir que fosse inserido um “Em Exercício” na assinatura Gisela Cardoso como Presidente da OAB em algum documento da minuta.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei