Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020, 08h:20

Tamanho do texto A - A+

Vereador denuncia reutilização de equipamentos de proteção contra a Covid-19 em UPA; veja fotos

Por: WELLYNGTON SOUZA

Após perder a mãe em decorrência do coronavírus, o vereador de Sorriso (a 399 km de Cuiabá) Maurício Gomes (PSB) denunciou em um vídeo publicado na rede social que a prefeitura do município não estaria disponibilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para servidores da saúde que atuam na linha de frente da Covid-19. Os profissionais estariam reaproveitando materiais já utilizados. 

Divulgação

117262576_3102647813182366_6827549909517404532_n.jpg

 

Em uma publicação no Facebook, ele relatou que foi até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com alguns parlamentares e percebeu que os servidores estariam reutilizando os equipamentos de segurança.

"Encontramos EPI’s em condições desfavoráveis, sendo um descaso com as equipes de linha de frente da saúde, que estão se doando para salvar vidas e merecem todo respeito e cuidado. EPI’s que deveriam ser descartados após o uso e estão sendo lavados e reutilizados", escreveu.

No vídeo, ele ainda rebateu uma declaração do secretário municipal de Saúde de Sorriso, Luís Fábio Marchioro, que afirmou que o vereador estaria fazendo politicagem, após uma série de denúncias de irregularidades.

Maurício destacou também que a prefeitura recebeu um aporte financeiro de mais de R$ 11 milhões do governo federal para o combate à Covid-19.

"Eu fico envergonhado em saber do dinheiro que o governo federal já disponibilizou para o município e o mínimo não está sendo feito, dar condições de proteção para nossos servidores. É muito fácil ir na rádio e chamar isso de politicagem, muito me indigna o secretário Luis Fabio Marchioro pela sua postura, que deveria agradecer nosso trabalho de fiscalizadores", acrescentou. Veja na íntegra

Vereador perde mãe para Covid-19

Conforme noticiado pelo HNT/Hipernotícias, a mãe do vereador Maurício Gomes, a comerciante Jandira Soares, de 55 anos, não resistiu às complicações do coronavírus e faleceu no último dia 23. Ela tinha diabete como fator de risco da doença e estava internada Hospital Regional de Sinop. O prefeito Ari Lafin decretou luto oficial de três dias e lamentou a morte de Dona Jandira, como era conhecida.

Outro lado

A reportagem tentou entrar em contato com a prefeitura de Sorriso, mas até o fechamento da matéria as ligações não foram atendidas. 

Credito: Divulgação
Credito: Divulgação
Credito: Divulgação
Credito: Divulgação
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei