Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 20h:00

Tamanho do texto A - A+

Governo divulga lista de profissionais aprovados para atuar em hospitais estaduais

Por: REDAÇÃO

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), publicou na edição do Diário Oficial que circula nesta segunda-feira (29), o edital de resultado com os nomes dos convocados que irão atuar no Hospital Regional de Alta Floreta, Cáceres, Colíder, Rondonópolis, Hospital Metropolitano e Hospital Estadual Santa Casa. Os candidatos que realizaram inscrição para participar do Processo Seletivo 001/SES/2020, que visa à contratação emergencial de 751 profissionais para atuarem no enfrentamento da Covid-19, o coronavírus, já podem consultar a lista com os nomes dos classificados.

Reprodução Grupo Abril

coronavirus medicos

 

De acordo com o edital, estão sendo convocados profissionais para as vagas de Assistente Social, Médico, Enfermeiro, Técnico em Enfermagem, Técnicos em Laboratório, Psicólogos, Fisioterapeutas e Maqueiros. O edital contendo os nomes de cada candidato (página 15 até 20) pode ser acessado clicando AQUI.

Os aprovados devem apresentar-se, na respectiva unidade de saúde para qual foi convocado, e cumprir os procedimentos estabelecidos pela Direção, e quando solicitados apresentar a documentação especificada no item 8 do edital para início das atividades profissionais. Clique AQUI para acessar a lista de documentos.

Défict de Profissionais

A contratação emergencial foi anunciada pelo Estado como forma de suprir a carência de quase 800 profissionais da saúde que foram afastados durante a pandemia de Covid-19, em decorrência da infecção pelo vírus ou de pertencerem ao grupo de risco. O afastamento dos profissionais do campo de serviço representou uma perda significativa para Mato Grosso, princalmente no momento de emergência sanitária. 

Como apontou o secretário Estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo em transmissão nas redes sociais no último dia 16, cerca de três mil profissionais haviam efetuado a inscrição para o processo seletivo do Estado, no entanto, não houve exito na convocação. 

“Inicialmente, fizemos esse chamamento público, aproximadamente três mil profissionais se inscreveram. Quando a gente convocou, não estávamos dando muito êxito, porque a pandemia também gera angústia nos profissionais. Não são todos aqueles que têm coragem de enfrentar ambientes de trabalho dessa natureza”, disse. 

Como devolutiva, o Estado reeditou o edital do processo seletivo concedendo percentual de aumento na remuneração em todos os cargos ofertados e reabertura das inscrições para os novos candidatos.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei