Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020, 16h:32

Tamanho do texto A - A+

Docentes da UFMT aprovam indicativo de greve e paralisarão atividades em março

Por: KHAYO RIBEIRO

Os docentes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), por meio de assembleia geral, aprovaram indicativo de greve e adesão à paralisação das atividades no dia 18 março, acompanhando decisão do sindicato nacional.

Reprodução

ufmt

 

De acordo com informações da Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat), as decisões a favor do indicativo de greve e adesão à paralisação nacional foram tomadas na última terça-feira (18).

Com a determinação da Adufamt, os posicionamentos dos professores da UFMT serão encaminhados ao Sindicato Nacional do Docentes (Andes), que discutirá sobre a disposição dos sindicatos de todo o país a aderirem ou não a uma nova greve.

Além da possibilidade de realização de uma nova greve, o Andes discutirá também sobre a duração do movimento grevista.

A pauta será debatida pelo Andes entre as datas de 14 e 15 de março, poucos dias antes da paralisação nacional que será realizada para questionar a reforma administrativa, a defasagem salarial e a precarização do ensino superior público.

Na reunião de terça-feira, os professores debateram a respeito da atual conjuntura da Universidade, sobre as deliberações do 39º Congresso do Andes e informes de interesse da categoria.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



Últimas Notícias