Domingo, 01 de Dezembro de 2019, 09h:20

Tamanho do texto A - A+

O poder do querer

Por: WILSON CARLOS FUÁH

Reprodução

Wilson Fuáh

Quantas vezes durante a nossa vida desejamos uma coisa, ou um objeto ou um grande amor, e a força mental positiva produz um retorno  inexplicável a nosso favor.              
E assim, o querer vira poder, e de repente passamos ter tudo que um dia era apenas um sonho e hoje faz parte da nossa realidade, pois somos tudo aquilo o que desejamos e queremos, e quando almejamos uma conquista com muita força mental, ela realiza.             

Mas, não devemos olhar essa frase só pelo lado positivo das conquistas, pois às vezes junto com elas vem o lado negativo, e muitas vezes o nosso verdadeiro desejo torna realidade, e passamos a ser escravo dessa realidade, pois o importante não é só ter uma conquista, mas devemos saber o que fazer das conquistas, utilizando o prazer de tê-las como parte da nossa vida feliz.                
Mas, junto com o poder das nossas conquistas desejadas, vem as boas e más intenções, pois entre elas também existem desejos inconfessáveis como: vinganças, autopunições e alegrias que podem tripudiar sobre algumas pessoas, e com isso, pode trazer algumas tristezas aos outros, porque o poder da força dos nossos pensamentos, pode nos corromper, e assim, nos decepcionar com os bons que eram dos outros, e que podem transformar em  momentos ruins .           
Quanto mais reclamamos ou negamos algo que não queremos (dívida, doença, solidão, medo, etc.,) mais somos atraídos para tudo isso que fizeram parte dos nossos momentos passados, porque estes são  sinais do que enviamos para o Universo. Você recebe o que sente, mas também porque faz parte de tudo aquilo que um dia fez parte do que pensávamos, por isso, não se devemos nos ocupar com os pensamentos com as coisas negativas da vida ou desfavoráveis ao nosso crescimento materiais e espirituais.
O poder dos nossos pensamentos  produz trabalha a nosso favor, e tudo que constamos hoje fizeram parte do nosso desejos passados, são realizações que não mede as consequências das nossas conquistas no futuro, por isso, devemos olhar com coragem as sombras de nossa alma - por mais doloroso que isto possa ser no momento atual, pois bom ou ruim,  somos o que sempre desejamos no passado.              

Por isso, devemos limpar dos seus pensamentos de tudo aquilo que no passado nos trouxeram alguns desgostos momentâneos, desenvolvendo a técnica de produzir as faxinas das nossas almas nas primeiras orações do amanhecer, pois com a luz do perdão, da misericórdia, e do respeito por nós mesmos, e principalmente sabendo fortificar a sua fé em Deus, lembrando sempre das últimas palavras de Jesus diante da morte: "Meus Deus, Meu Deus porque me abandonaste?".
Na vida é preciso ter muito cuidado ao envolver o seu querer na forma do poder do pensamento, pois aquilo que é bom hoje, amanhã pode não ser, pois sua realidade (hoje), com certeza faz parte dos seus desejos construídos no passado.

 

(*) WILSON CARLOS FUÁH é Economista, Especialista em   Recursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto