Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 14h:36

Tamanho do texto A - A+

Hábitos Saudáveis 03 - Servir

Por: DUMARA VOLPATO

Divulgação

Dumara Volpato

É com o coração repleto de alegria que hoje me encontro mais uma vez com vocês para compartilhar mais um de minhas reflexões a respeito da série: Hábitos Saudáveis.

Nessa força do mês de Maio, onde comemoramos o dia da mães, ao pensar nelas, não poderia deixar de trazer um tema tão propício que é o servir. E trago hoje essa prática para a pauta dessa conversa, sentindo que esta seja uma das mais belas lições ensinadas por essa figura materna.

Você já se perguntou o que é servir? Já parou para pensar que nascemos e somos servidos desde a nossa infância até a nossa velhice? Já examinou o seu dia-a-dia e avaliou se você serve mais ou é servido? Acredito que a maioria das pessoas, ao se depararem com esse questionamento, certamente percebem que é muito mais comum nós sermos servidos do que servir. Sim, eu percebi isso na minha Vida também e,a partir desse ponto, iniciei um movimento crescente de fazer mais do que receber.

E porque isso é importante, Dumara? O que ganho com isso?

Para entendermos um pouquinho mais a respeito desse movimento, se faz necessário algumas ponderações. A palavra servir significa trabalhar para alguém, fazer algo a outrem. Então, em sua importância traz algo que é fundamental para o ser humano: ser útil. Cada um de nós busca em sua essência a sua missão, o seu caminho, algo que nos é destinado a partir do momento em que pisamos nesse planeta chamado Terra. E como descobrimos esse caminho? Essa missão? Servindo.

Nós nascemos em uma determinada família, em um determinado local e descendente de um determinado povo. Dessa forma, recebemos dessa diversidade infinitas capacidades e dons transmitidos de geração para geração. Sim, isto está contido no meu e no seu DNA.

Cada um de nós é único, fruto de uma misturinha especial, de uma safra diferente, extraída de um momento singular. E quando começamos a exercitar o servir, ganhamos a possibilidade de manifestar essa singularidade, esses dons que pertencem a cada um de nós. Servir nos permite oferecer ao outro o que nós somos e temos. Nos possibilita aumentar, fortalecer e expandir nossos talentos. Quando servimos passamos a enxergar o outro, passamos a reconhecer que nesse ato de oferecer ou fazer para outrem, na verdade estamos fazendo algo por nós mesmos, pois ao servir, evoluímos, praticamos aquilo que há de mais nobre em nosso coração.

E como podemos praticar isso em nosso meu dia-a-dia?

Podemos começar com atos simples, em nossa família e nosso trabalho, no local que você mora, com seu vizinho, um amigo próximo. Com pequenas atitudes, tais como: uma ligação para saber se está tudo bem, uma boa conversa para ouvir alguém que está precisando desabafar. Levar água à alguém que tem sede, preparar um almoço gostoso em família no domingo. Levar alegria para aqueles que estão triste, compartilhar aquilo que sabe com as pessoas ou disponibilizar um pouquinho do seu tempo em favor do outro. Simples né?

O servir está em oferecer sem esperar nada em troca e isso nós aprendemos em primeiro momento com nossas mães. Que em busca de servir a Vida em sua continuidade, se colocam em risco para gerar e parir sua cria, algumas ainda seguem servindo uns bons anos o seu rebento. Sem esperar nada em troca, algo que aumenta a nossa capacidade de amar.

O ato de servir nos conecta com o movimento de equilíbrio do Universo ou também conhecida como a Lei da compensação, quando servimos é como se criássemos um vácuo que precisa ser preenchido. E o que preenche esse espaço é o movimento de receber e a partir daí, quanto mais servimos, mais recebemos. Criamos o fluxo da prosperidade e passamos a vivenciar uma maior plenitude em todos os aspectos de nossas Vidas.

Existem várias formas de servir, qual é a sua? Compartilhe aqui e praticamos juntas.

Abraços, Inté nosso próximo encontro

 
(*) DUMARA VOLPATO é advogada e Terapeuta em Constelação Familiar com Curso em Hellinger Sciencia pelo Instituto Hellinger do Brasil; Formação em Constelação Familiar pelo Instituto CreSer de Campo Grande – MS; Curso de Aprofundamento em Novas Constelações e Curso de Análise Transacional pelo Instituto de Constelações Familiares Brigitte Champetier; e Praticante Profissional de Cura Reconectiva e Reconexão, pelo The Reconection, Califórnia – EUA. E-mail: dumaravolpato@gmail.com
 
 
Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto