Segunda-Feira, 10 de Fevereiro de 2020, 15h:11

Tamanho do texto A - A+

Filho de Pelé revela que pai está depressivo

O Rei do Futebol passa por dificuldades para se locomover

Por: LANCE

Reprodução

Dribles desconcertantes e mil gols fazem parte da carreira de Pelé. No entanto, o ex-jogador tem tido muita dificuldade para se locomover, o que tem causado constrangimento e depressão no alto de seus 79 anos.

"Ele fica constrangido, não quer sair, se expor, estar na rua, fazer praticamente nada que tenha que sair de casa. Está muito acanhado, recluso", revelou Edinho, filho do Rei, ao Globoesporte.com.

Edinho, que atualmente trabalha como coordenador técnico e de desenvolvimento das categorias de base do Santos, também disse que ele não consegue andar normalmente, somente com andador. Pelé também já apareceu em diversos lugares com cadeira de rodas, como no sorteio da Copa do Mundo da Rússia, em 2017. 

"Ele está bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não realizou a reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema, que acaba acarretando uma certa depressão. Imagina, ele é o rei, sempre foi uma figura tão imponente e hoje ele não consegue mais andar direito. Ele fica muito acanhado, muito constrangido, mas está bem tirando isso e a natureza da idade e tudo mais", completou.

Ainda na entrevista, Edinho revelou que Pelé não realiza as sessões de fisioterapia como deveria e que essa é a "bronca" atual.

Pelé foi multicampeão pelo Santos e pela Seleção Brasileira, com a qual conquistou três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), com passagem também pelo futebol norte-americano. É considerado o melhor jogador de todos os tempos. Ele participou de muitos eventos da Fifa, no entanto ultimamente suas aparições têm sido cada vez mais raras.

Já Edinho, ex-goleiro, esteve preso até setembro do ano passado por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas. Ele, que se diz inocente das acusações, conseguiu progressão da pena para o regime aberto e trabalha no Peixe nas categorias de base.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei



Últimas Notícias