Sábado, 17 de Outubro de 2020, 10h:51

Tamanho do texto A - A+

Empresa de serviços médicos pede quase R$ 2 milhões ao Estado após ser alvo de operação

Por: REDAÇÃO

A empresa Qualycare Serviços de Saúde e Atendimento LTDA entrou com uma ação contra o Estado de Mato Grosso para receber R$ 1,8 milhões. A empresa alega que teve que fechar as portas após ser alvo da "Operação Sangria", no fim de 2018. Agora, a empresa busca o recurso para quitar débitos com seus ex-funcionários. 

Reprodução

oxigenio

 

Em decisão do último dia 8, a juíza Cristhiane Trombini Puia Baggio determinou que a Qualycare Serviços de Saúde e Atendimento LTDA apresente os andamentos da investigação, bem como o contrato de prestação de serviços nº 047/2018/SES/MT, firmado junto ao Estado e a dispensa de licitação. A empresa tem 15 dias para apresentar a documentação. 

A magistrada também determinou ao governo do Estado que apresente, no prazo de 15 dias, o requerimento administrativo em andamento em decorrência da ação. 

De acordo com a defesa da Qualycare, o Estado não pagou pelos serviços prestados no referido contrado, inviabilizando as atividades e, em consequência, a empresa "sofreu e está sofrendo diversas ações de cobrança e também trabalhistas, uma vez que não está tendo recebimentos e consequentemente não está realizando os pagamentos devidos aos seus credores".

Acusação

De acordo com as investigações, a Qualycare, junto à empresa Proclin, tentava monopolizar a prestação de serviços de saúde em Cuiabá e no Estado. 

A Qualycare Serviços e Atendimentos LTDA era especializada em home care, remoções, viagens e outros atendimentos médicos.

 

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas